LITERATURA, HISTÓRIA E DITADURA

AS CARTAS DE UMA EX-PRISIONEIRA POLÍTICA

Autores

Palavras-chave:

escritas de si, cartas, ditadura , prisioneiros políticos, experiência

Resumo

O presente artigo propõe uma reflexão teórica sobre as cartas da ex-prisioneira política Lúcia Maurício, que foram publicadas em formato de livro no ano de 2015 sob o título Cacos de sonhos: cartas de uma ex-prisioneira na Vila Militar (1971-1974). Entendendo a prática da correspondência como uma forma de escrita de si, em que o ato de escrita funciona como um exercício pessoal, onde quem escreve se manifesta ao outro, mas também a si mesmo (Foucault, 1992), e observando os apontamentos da narradora que testemunha o que não é dito no discurso dos vencedores e dominadores, as cartas de Lúcia demonstram um ângulo de visão de um grupo que foi reprimido pelo discurso dominante e que tem hoje, através da divulgação das cartas, a oportunidade em se fazer presente e em se constituir oficialmente enquanto parte da história, o que não era possível no momento em que as cartas foram escritas, ou seja, a divulgação das cartas da ex-prisioneira política são uma forma de se “escrever a história a contrapelo” (Benjamin, 1996) e de se contribuir para a democratização da escrita da história, além de operarem como uma manifestação cultural que visa à denúncia de um período da história do Brasil em que os direitos humanos foram suspensos.

Referências

BENJAMIN, Walter. Experiência e pobreza. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Obras Escolhidas Vol 1. Tradução Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1996.

BENJAMIN, Walter. Franz Kafka: a propósito do décimo aniversário de sua morte. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Obras Escolhidas Vol 1. Tradução Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1996.

BENJAMIN, Walter. O narrador. Considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Obras Escolhidas Vol 1. Tradução Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1996.

BENJAMIN, Walter. Sobre o conceito de história. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. Obras Escolhidas Vol 1. Tradução Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1996.

BETTO, Frei. Cartas da prisão. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.

FOUCAULT, Michel. A escrita de si. In: O que é um autor? Lisboa: Passagens, 1992. Disponível em: <http://eps.otics.org/material/entrada-outras-ofertas/livros/a-escrita-de-si-michel-foucault>. Acesso em: 9 de dez. de 2019.

KAFKA, Franz. Carta ao pai. Tradução e posfácio Modesto Carone. 18ª reimpressão. São Paulo: Companhia das Letras, 2017.

MAURÍCIO, Lúcia Velloso. Cacos de sonhos: cartas de uma ex-prisioneira na Vila Militar (1971-1974). Rio de Janeiro: Ponteio Edições, 2015.

NUNES, Clarice. Amanhã será outro dia! In: Cacos de sonhos: cartas de uma ex-prisioneira na Vila Militar (1971-1974). Rio de Janeiro: Ponteio Edições, 2015.

Downloads

Publicado

2021-11-24

Como Citar

BUCHWEITZ E SILVA, J. LITERATURA, HISTÓRIA E DITADURA: AS CARTAS DE UMA EX-PRISIONEIRA POLÍTICA. Anais do Encontro Virtual de Documentação em Software Livre e Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia Online, [S. l.], v. 10, n. 1, 2021. Disponível em: https://nasnuv.com:443/ojs2/index.php?journal=CILTecOnline&page=article&op=view&path[]=759. Acesso em: 5 fev. 2023.