SEQUÊNCIA DIDÁTICA NA ESCOLA PÚBLICA

UMA ABORDAGEM MÓVEL

Autores

Palavras-chave:

aprendizagem móvel;, sequência didática;, recursos tecnológicos;, ensino de línguas;, WhatsApp;

Resumo

A aprendizagem móvel vem a cada dia mais se consolidando dentro do ensino de línguas. Este trabalho visa entender melhor o potencial do uso de tecnologias móveis aliado a sequências didáticas; identificar como a integração de dispositivos móveis na sala de aula de LI pode oferecer experiências de aprendizagem centradas nos estudantes; e compreender os usos práticos de tecnologias digitais de informação e comunicação (TDICs) como ferramenta educacional. Para isso, foi feito um apanhado teórico sobre aprendizagem móvel, WhatsApp e sequências didáticas. Seguiu-se, então, uma metodologia qualitativa e interpretativista, sob a ótica dos conceitos apresentados, para elaboração de uma sequência didática que foi aplicada em uma turma do 9º ano EF de uma escola estadual de Minas Gerais, a qual teve acesso a um grupo de WhatsApp como forma de ampliação do ambiente de sala de aula e como espaço de realização de tarefas e de troca entre professor e alunos. Foi também aplicado um questionário para investigar o uso de TDICs na turma. Os dados gerados foram, então, analisados sob a ótica dos pressupostos da aprendizagem móvel, permitindo que se concluísse que o uso de sequências didáticas aliadas à aprendizagem móvel e ferramentas tecnológicas permite a aproximação do ensino de línguas à realidade dos alunos, atribuindo mais relevância e significado aos exercícios; trabalhando a confiança e a satisfação dos sujeitos e contribuindo para o seu sucesso enquanto aprendizes.

Biografia do Autor

Demétrius Faria dos Santos, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor de Inglês, História, e Analista Educacional. Graduado em História pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais PUC-MG (2006), Especialista em Relações Internacionais Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2009) Especialista em Ensino e Aprendizagem de Inglês Universidade Federal de Minas Gerais UFMG (2013). Graduado em Letras Inglês EaD Universidade Federal de Lavras UFLA (2016) Mestre, Doutorando em Linguística Aplicada/Ensino-Aprendizagem de Línguas Estrangeiras, Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos, Faculdade de Letras, Universidade Federal de Minas Gerais (POSLIN/FALE/UFMG) Professor na SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS, Colégio Santa Maria Minas. Experiência em Educação, Tradução, Eventos, Economia, Cultura e Política.

Referências

ARAÚJO, D. L. de. O que é (e como se faz) sequência didática?. Entrepalavras, ano 3, v. 3, n. 1, p. 322-334, jan.-jul. 2013. Disponível em: <http://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/23796/1/2013_art_dlaraujo.pdf>. Acesso em: 30 mar. 2018.

BÁRCENA, E.; READ, T.; UNDERWOOD, J. et al. State of the Art of Language Learning Design Using Mobile Technology: Sample Apps and Some Critical Reflection. In: HELM, F.; BRADLEY, L.; GUARDA, M.; THOUËSNY, S. (Ed.). Critical CALL – Proceedings of the 2015 EUROCALL Conference, Padova, Italy, p. 36-43. Dublin: Research-publishing.net. Disponível em: <https://research-publishing.net/publication/978-1-908416-29-2.pdf>. Acesso em: 30 mar. 2018.

BOUHNIK, D.; DESHEN, M. (2014).WhatsApp Goes to School: Mobile Instant Messaging between Teachers and Students. Journal of Information Technology Education: Research, 13, p. 217-231. Disponível em: <http://www.jite.org/documents/Vol13/JITEv13ResearchP217-231Bouhnik0601.pdf>. Acesso em: 20 fev. 2018.

BRAGA, J. C. F. English Language Teaching on the Wings of Mobility: a Study on the Affordances of Mobile Learning in Classroom Practice. In: OLIVEIRA, A. L. A. M.; BRAGA, J. C. F. (Org.). Inspiring Insights from na English Teaching Scene. Belo Horizonte: CEI – Curso de Especialização em Ensino de Inglês, 2017, p. 149-171. Disponível em: <https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED564255.pdf>. Acesso em: 30 mar. 2018.

BRAGA, J. C. F.; GOMES JR., R. C.; RACILAN, M. Reflexões sobre ensino e aprendizagem de línguas na formação de professores via dispositivos móveis. Hipertextus Revista Digital, Recife, v. 16, n. 1, p. 32-51, jun. 2017. Disponível em: <http://www.hipertextus.net/volume16/Art2Vol16.pdf>. Acesso em: 9 fev. 2018.

CHINNERY, G. M. Going to the MALL: Mobile Assisted Language Learning. Language Learning & Technology, v. 10, n. 1, p. 9-16, 2006. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2018.

CROMPTON, H. A Historical Overview of Mobile Learning: Toward Learner-Centered Education. In: BERGE, Z. L.; MUILENBURG, L. Y. (Eds.). Handbook of Mobile Learning. Florence, KY: Routledge, 2013.

LEFFA, V. J. Como produzir materiais para o ensino de línguas. In: LEFFA, V. J. (Org.). Produção de materiais de ensino: teoria e prática. Pelotas: EDUCAT – Editora da Universidade Católica de Pelotas, 2007. Disponível em: <http://www.leffa.pro.br/textos/trabalhos/prod_mat.pdf>. Acesso em: 30 mar. 2018.

PEGRUM, M. Mobile Learning: Languages, Literacies and Cultures. London: Palgrave Macmillan, 2014.

SANTOS, D. F. dos. O uso de dispositivos e aplicativos móveis em sequências didáticas no Ensino Fundamental: agência e aprendizagem de inglês. 2019. 118f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Letras, Belo Horizonte, 2019.

TRAXLER, J. Defining, Discussing and Evaluating Mobile Learning: The Moving Finger Writes and Having Writ. The International Review of Research in Open and Distributed Learning, [S.l.], v. 8, n. 2, Jun. 2007. Disponível em: http://www.irrodl.org/index.php/irrodl/article/view/346/875. Acesso em: 20 fev. 2020.

Downloads

Publicado

2021-11-24

Como Citar

FARIA DOS SANTOS, D. SEQUÊNCIA DIDÁTICA NA ESCOLA PÚBLICA: UMA ABORDAGEM MÓVEL. Anais do Encontro Virtual de Documentação em Software Livre e Congresso Internacional de Linguagem e Tecnologia Online, [S. l.], v. 10, n. 1, 2021. Disponível em: https://nasnuv.com:443/ojs2/index.php?journal=CILTecOnline&page=article&op=view&path[]=960. Acesso em: 5 fev. 2023.